segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

"RELÓGIO Do Castelo De Sines"


Dou momentos , ave-marias,
horas mortas, desatino;
passo assim noites e dias,
ganhando p’ra corda do sino.

Poema: José Vaz Teixeira [excerto final]

Foto: cajoco

8 comentários:

  1. Amigo Jorge.Los poetas siempre amaron a la naturaleza,Ellos con sus poemas también nos enseñan a amarla.
    Feliz Navidad.
    Juan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os poetas autênticos são de todo o mundo.

      Eliminar
  2. Maravilhosa essa foto....Bem acompanhada desse final.
    Muito Boas Festas e um Santo Natal
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! A sua presença e opinião são um valioso cntributo para credibilizar este espaço.

      Eliminar
  3. Uma visitina rápida para te desejar umas felicíssimas festas de Natal

    ***
    Um abraço Jorge****

    ____________________+
    ___________________“x”
    ___________________“@”
    _________________“@@@”
    ________________“@@@@@”
    _______________“@@@@@@@”
    _____________“@@@@@@@@@”
    ___________” ” ” ” JOYEUX ” ” ” ”
    _____________“@@@@@@@”
    ___________“@@@@@@@@@”
    __________“@@@@@@@@@@@”
    _________“@@@@@@@@@@@@@”
    ________” ” ” “ ” N O E L” ” ” “ ”
    ___________“@@@@@@@@@@@”
    _________“@@@@@@@@@@@@@”
    ________“@@@@@@@@@@@@@@@”
    _______“@@@@@@@@@@@@@@@@@”
    ______“@@@@@@@@@@@@@@@@@@@”
    _____“@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@”
    ___” ” “ “ “ ” À TOI ET À TA FAMILLE “ “ “
    _“ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “ “
    ________________xxx
    ________________xxx
    ________________xxx
    ____________xxxxxxxxxxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Mildred pela bela e decorativa visita.
      Desejo-te um 2013 Muito Bom.
      Outro abraço,
      Jorge

      Eliminar