terça-feira, 16 de agosto de 2011

"GAIVOTOLÂNDIA"

18 comentários:

  1. Lindas gaivotas, bela foto, amei, beijos e bom dia para ti!

    ResponderEliminar
  2. Gaivota em terra... tempestade no mar.

    Foi assim?

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. São mais do que muitas e como diz a amiga Acácia Rubra "gaivotas em Terra tempestade no mar". Excelente foto!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Já me parece aquele filme = Os Pássaros =

    Deu-me aqui numa de pensar:
    - Quem será o chefe entre elas...?
    - Estarão à espera das atrocidades da toika ?
    - Pescarão elas à distância ou está tudo
    ... "numa boa"
    - Hora da sexta ???

    ResponderEliminar
  5. Linda será uma revoada de gaivotas Jorge
    Maravilha.
    um abraço grande

    ResponderEliminar
  6. °º♫
    °º✿
    º° ✿♥ Olá, amigo!
    Gaivotas, mar, praia...
    Você é feliz, sabia?
    Onde eu moro não tem praia...
    Beijinhos.
    Brasil°º♫
    °º✿
    º° ✿♥ ♫°

    ResponderEliminar
  7. Acácia Amiga,
    Quer as gaivotas, quer o mar, comungavam o mesmo estado de quietitude, naquela hora matinal.
    Bj

    ResponderEliminar
  8. Jorge Gaivotas fim de semana alguns felizes juntos. Relação de Criatividade e imaginação fotos de José Ramon

    ResponderEliminar
  9. Há um cheiro e um rumor de mar nesta bela fotografia.

    Um beijo

    ResponderEliminar
  10. Olá Maria,
    Grato pelo amável comentário.
    O mar estava calmo naquela hora matinal.
    Bjis

    ResponderEliminar
  11. Amigo Luis,
    O[s] chefe[s] devia[m] estavar-se nas encolhas, não dei por ele[s]...
    Naquela hora matinal, as gaivotas estavam numa boa, na perspectiva de algum peixe da lota, creio eu, que percebo mais de agricultura do que de pesca.
    Abr

    ResponderEliminar
  12. Amigo Henrique,
    Tal apreciação,vinda dum jornalista, é um caso sério... Obrigado!
    Abr

    ResponderEliminar
  13. Lis amiga,
    Mas que maravilha de comentário. Obrigado!
    Outro abraço,

    ResponderEliminar
  14. Olá Inês,
    O mar é o universo perto de nós, parafraseando José Saramago.
    Estando na praia, têmo-lo ali para nosso deleite.
    Só lhe resta "espraiar-se".
    Bjis

    ResponderEliminar
  15. Amigo José Ramon,
    Sempre bem-vindo. As gaivotas estavam mesmo em plena confraternização...

    ResponderEliminar
  16. Lídia,
    Obrigado pelo amável comentário.
    Acertou em cheio! Sensibilidade de poetisa.
    Bj

    ResponderEliminar